1. Investidores
  2. Sustentabilidade
  3. Perspectivas orientadas ao valor
  4. Certificação de edifícios

Certificação de edifícios

Edifícios em boga certificados

Hoje em dia os edifícios de escritórios de alta qualidade localizados em lugares centrais planificam-se, constroem-se e certificam-se de forma sustentável tendo em conta considerações económicas. A avaliação está baseada em aspetos económicos, ecológicos e sócio culturais assim como está a qualidade técnica e do processo. A meta é assegurar que os materiais disponíveis usam-se através de um método de construção que usa os recursos com moderação, é duradouro e reciclável e portanto reduz os efeitos negativos sobre o ambiente e a saúde dos utilizadores. Assegurar que um edifício está certificado requere sistemas maduros para a envolvente do edifício e uma planificação holística para a fachada. A gama dos sistemas e serviços da Schüco são uma excelente base para isso. 

Os materiais resistentes com baixa manutenção e um número reduzido de peças substituiveis, asseguram a duralidade dos sistemas da Schüco e portanto conferem o trabalho preliminar económico para a certificação de edifícios. Os sistemas da Schüco estão valorados por serem eficientes energeticamente e adaptados ao utilizador. Não só cumprem com as necessidades dos utilizadores em todas as zonas climáticas como também podem gerar energia.

Schüco também oferece sistemas que otimizam o fornecimento de luz do sol aos edifícios e a sua ventilação e sombra tendo em conta os aspetos sócio-culturais da certificação de edifícios e incrementando o conforto dos utilizadores. Durante décadas Schüco tem conseguido todos os desenvolvimentos de produto com os seus próprios testes num crescente centro de tecnologia e de ensaios creditado pela DAkkS (corpo de creditação alemão) e assegura a qualidade técnica dos sistemas. O Foco de sustentabilidade 360º da Schüco consta do ciclo de vida completo de um produto, desde a sua fabricação, passando pelo seu desempenho até à possibilidade de reciclagem, assegurando a qualidade do processo de certificação de edifícios.

Resumo das certificações mais importantes

BREEAM: Estabelecimento de investigação da construção e método de avaliação meio-ambiental. O certificado britânico de sustentabilidade desenvolveu-se em 1990 (modificado em 2008) e é o selo mais antigo da sustentabilidade no campo da construção.

GeSBC Conselho alemão de construção sustentável. Os seguintes aspetos estão certificados: O excepcional cumprimento de muitos critérios de sustentabilidade em termos de ecologia, economia, aspetos sócio-culturais e funcionais, processo de tecnologia e ubicação. Se os critérios dos standards tem sido excedidos, o GeSBC premia com o certificado Ge SBC de bronze, prata ou ouro. Também existe a possibilidade de ganhar um certificado prévio na fase de planificação.

Navegador GeSBC: O Navegador GeSBC é uma completa base de dados online. Arquitetos, planificadores, particulares e todas as pessoas implicadas na construção podem encontrar informação detalhada sobre os produtos de construção e as suas caraterísticas. Por exemplo, informação sobre os efeitos meio-ambientais, o cálculo dos custos de ciclo de vida, consumo de energia ou comportamento da emissão dos produtos seleccionados. Os sistemas da Schüco também aparecem representados no navegador.
www.dgnb-navigator.de/en

LEED: Liderança em energia e design meio ambiental. Um sistema de classificações para construções ecológicas, desenvolvido pelo Conselho de Construção Ecológica de EEUU.

Planificação e consultoria com perspectivas a longo prazo: EPD para janelas de alumínio

As declarações de produtos ambientais (EPD) para todos os sistemas são importantes para a sustentabilidade 360º. Em Schüco, a sua criação para a fabricação de sistema de metal está integrada no software de cálculo SchüCal. O baixo consumo energético assegurado pelos sistemas e as matérias primas usada em espumas e barras isoladoras dão um passo mais. Os novos regulamentos de produtos de construção também tomam medidas preventivas para a sustentabilidade dos produtos de construção, os quais podem ser certificados por meio de EPDs. O foco integrado da construção e cálculo supõe que as especificações oferecem um planificação fiável e uma certeza em custos.

Associação EPD para janelas de PVC

Para as janelas de PVC já há uma “associação EPD” que se aplica aos sistemas de PVC com uma profundidade básica de 70 mm. Uma adicional “vantagem EPD” para os sistemas ≥ 80 mm em concordância com ISO 14025 e DIN EN 15804 está prestes a completar-se. Estes EPDs têm sido calculados, recompilados e avaliados num grupo de trabalho EPPA a nível europeu com a implicação da Schüco especialmente para os dados subjacentes das janelas de PVC. Os potenciais efeitos sobre o meio ambiente das janelas de PVC representam-se como um percentagem sobre a sua vida completa em concordância com as fases de fabricação, uso e fim do ciclo de vida. Com os seus sistemas de 70 mm, Schüco CT 70 AS e Schüco CT 70 MD, Schüco é representado no navegador DGNB de acordo a esta associação EPD (www.dgnb-navigator.de). Aqui poderá encontrar informação adicional.